Portal Tá na Rede

Estádio do Santa Cruz irá leilão devido a dívidas com César Baiano, volante revelado pelo Bahia

Foto; Divulgação

Por causa de um passivo de R$ 350 mil com o ex-volante Cézar Baiano, falecido em 2013, com passagem pelo Santa Cruz em 2007, e que foi relevado pelo Bahia em 1994. O leilão do Arruda segue marcado para 7 de novembro. Mas é provável que o arremate do estádio não aconteça.

O clube prevê o cancelamento da venda do José do Rego Maciel na próxima quinta-feira, quando o presidente e representante jurídico do Tricolor, Eduardo Lopes, se encontrará com o advogado do ex-atleta, no Recife, para fechar um acordo e evitar uma possível perda do estádio.

Ambas as partes já vinham conversando e, segundo o Santa Cruz, o advogado de Cézar Baiano deve acatar a oferta coral, que propõe um parcelamento da dívida. O acordo só não será firmado neste início de semana porque o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) não conta com expediente nesta segunda, terça e quarta-feira.

“A questão do leilão será resolvida só na quinta. O feriado de 28 outubro (Dia do Servidor Público) foi transferido para esta segunda-feira. Amanhã (terça) é imprensado de Dia de Todos os Santos e quarta é Finados. Então, Eduardo Lopes e o advogado que representa o espólio de Cézar Baiano vão se encontrar na Vara da Justiça, na quinta-feira, para fechar o acordo. A conversa está avançada, mas eles não podem formalizar nada por causa das folgas da Justiça”, justificou o Santa Cruz, via diretoria de comunicação.