Portal Tá na Rede

Isaquias reencontra palco olímpico e projeta ‘grande papel’ em desafio

Isaquias reencontra palco olímpico e projeta 'grande papel' em desafio Foto: Divulgação

Após faturar três medalhas (dois ouros e um bronze) no Mundial de Canoagem Velocidade, realizado no mês passado em Portugal, o brasileiro Isaquias Queiroz participará neste final de semana, na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro, do chamado Desafio Mano a Mano, competição de exibição que terá a sua sexta edição e ocorre no mesmo local das disputas desta modalidade na Olimpíada do Rio, em 2016.

Nesta sexta-feira, Isaquias e o alemão Sebastian Brendel, tricampeão olímpico na canoagem e ídolo do brasileiro, realizaram na lagoa um aquecimento para o evento, que terá entrada gratuita para o público. Eles fizeram um treinamento e falaram sobre a experiência de reencontrar o palco olímpico onde competiram há pouco mais de dois anos.

“Uma disputa como essa serve para trazer o melhor do nosso esporte para perto do público brasileiro. A canoagem velocidade foi um sucesso na (Olimpíada do) Rio-2016 e acredito que não será diferente no Desafio Mano a Mano. Quero fazer um grande papel para representar bem o meu país em casa novamente”, projetou Isaquias.

No Mundial realizado em agosto, o canoísta faturou o ouro na prova C1 500 metros e na competição de duplas (C2 500m) com o compatriota Erlon de Souza, além de ter conquistado um bronze na C1 1000m. Já na Olimpíada do Rio, o atleta baiano brilhou ao subir três vezes ao pódio, com duas pratas (C1 1000m e C2 1000m) e um bronze (C1 200m). Na ocasião, fez história ao se tornar o primeiro brasileiro a ganhar três medalhas em uma única edição dos Jogos.

Isaquias foi campeão mundial também em 2013, 2014 e 2015, tendo acumulado um bronze ainda em cada uma destas edições da competição. E a grande atração deste Desafio Mano a Mano será a disputa que ele travará com Brendel, que nos Jogos do Rio-2016 faturou ouros nas provas do C1 1000m e do C2 2000m.

Os dois vão se enfrentar na manhã de domingo, a partir das 9h30, na modalidade C1 500m, e o alemão comemorou o fato de que pôde curtir um pouco mais a capital fluminense neste seu retorno ao Rio. “Em 2016, meu único momento de turista foi a cerimônia de encerramento (da Olimpíada) no Maracanã, na qual tive a honra de carregar a bandeira da Alemanha e encontrar com o Isaquias, que estava com a do Brasil. Dessa vez, consegui aproveitar um pouco mais a vista da Lagoa, visitei o Cristo Redentor e me arrisquei no surfe. Tenho certeza de que será incrível disputar o Mano a Mano e estar novamente no palco dos Jogos. Aproveito para convidar a torcida para acompanhar os desafios”, disse Sebastian.

Os eventos de sábado no Desafio Mano a Mano começam às 10h e o dia terá, entre outras atrações, uma prova de revezamento misto, uma disputa por países com atletas olímpicos e da paracanoagem em uma raia de 200 metros. Participarão nomes do Brasil, da Polônia, do denominado Time América e da Alemanha.

Além de Isaquias Queiroz, a equipe brasileira nesta prova mista terá o paratleta Igor Alex Tofalini, além de Pedro Henrique “Pepê” e Ana Paula Vergutz. O Time América contará, entre outros representantes, com o brasileiro da paracanoagem Fernando Rufino. Já o alemão Brendel estará em uma equipe que, além de outros competidores, terá o paracanoísta brasileiro Luiz Carlos Cardoso.

O Desafio Mano a Mano terá eventos transmitidos ao vivo pelo canal SporTV 2 no sábado, às 11h, enquanto no domingo a TV Globo exibirá parte dos eventos da competição durante o programa Esporte Espetacular, que começa às 10h.

Veja mais notícias dos Esportes Aquáticos