Portal Tá na Rede

Próximo da estreia na Série D, Fluminense ainda tem dúvidas para enfrentar Campinense

Próximo da estreia na Série D, Fluminense ainda tem dúvidas para enfrentar Campinense Foto: Divulgação

O Fluminense vive a reta final dos preparativos para a largada do Campeonato Brasileiro da Série D no próximo final de semana e depois de quase 30 dias de atividades, o técnico Evandro Guimarães ainda tem algumas dúvidas em relação ao time, que estreará diante do Campinense, no próximo domingo (22) em Campina Grande/PB.

Três atletas – o zagueiro Eduardo e os meio-campistas Diego Aragão e Deysinho – ainda são dúvidas para a estreia. Os dois primeiros estavam entregues ao Departamento Médico do clube se recuperando de contusões e já se encontram na fase de transição, fazendo exercícios de fortalecimento para voltarem a carga de treinamentos normal, enquanto Deysinho se machucou na semana passada e encontra-se ainda em recuperação.

Ainda não é certeza de que os atletas sequer sejam incluídos na delegação que viajará a Campina Grande e o treinador Evandro Guimarães testa alternativas, ao mesmo tempo em que aguarda uma resposta definitiva se contará ou não com os atletas. “São situações que podem acontecer e precisamos estar preparados para administrar. Os jogadores são importantes porque foram titulares conosco no Baiano e por isso temos que aguardar um pouco mais para saber se pelo menos podemos relacioná-los para a estreia”, afirmou o treinador.

Além de jogadores que estavam treinando o técnico tem a chegada dos recém-contratados que estão integrados ao elenco. “Essa é outra situação que temos que analisar porque tem a questão de entrosamento no time, a própria situação de documentação que precisa ser regularizada. Juntando estes fatores, faz com que a definição do time fique para mais adiante”, informou Evandro Guimarães.

O grupo segue treinando forte no CT Noide Cerqueira, no bairro Novo Horizonte, porém definição do time só deve mesmo sair nos treinamentos do final da semana. “Tenho uma ideia de time, mas vou preferir aguardar as soluções para que a gente possa definir, escolher os 11 que começam o jogo e os demais atletas que viajarão. O certo é que independente de qualquer situação vamos mandar a campo um time forte com capacidade e todas as condições de conseguir um resultado positivo, com todo o respeito ao Campinense, mas vamos brigar por um grande resultado lá”, salientou o técnico.

Veja mais notícias do Fluminense de Feira