Portal Tá na Rede

Ramon critica arbitragem após derrota para o Inter: “É uma vergonha”

Ramon critica arbitragem após derrota para o Inter: "É uma vergonha" Foto: Divulgação

Vitória segurava o empate contra o Internacional até os 36 minutos do segundo tempo, quando o árbitro Sávio Pereira Sampaio viu toque de mão de Lucas Fernandes após cobrança de falta e assinalou pênalti. No entanto, o atacante do Rubro-Negro sequer estava dentro da área. Na cobrança, D’Alessandro marcou e garantiu o triunfo colorado, no Beira-Rio, por 2 a 1.

Indignado, o zagueiro Ramon não poupou críticas ao juiz depois da partida válida pelo Campeonato Brasileiro. “A gente tem que avaliar que viemos para cá (Porto Alegre) conseguir os três pontos. Mas esse juiz, que eu nem sei o nome e nem quero saber, veio para nos atrapalhar”, disse o jogador ao Premiere.

“A gente com um gol, com a vitória a nosso favor e ele veio nos atrapalhar. Não sei se foi pênalti, mas primeiramente que nem mão foi no momento da falta, e ele vem fazer isso. Isso é uma vergonha. A gente precisa dos pontos para sair dessa situação. A gente vem aqui, faz um bom jogo e ele vem nos atrapalhar”, completou o zagueiro.

Na coletiva de imprensa, o treinador Paulo César Carpegiani reforçou o discurso e pediu a utilização do VAR no Campeonato Brasileiro. “Esses erros não acontecem só hoje, mas sim a todo instante. Eu acho que o futebol brasileiro necessita do auxílio do VAR. Você vê a arbitragem nos campeonatos europeus, dificilmente eles erram”, declarou o comandante rubro-negro.

O Vitória volta aos gramados pela competição na próxima sexta-feira, quando encara o Santos, no Barradão, às 21h30. Para a partida, Carpegiani não contará com o volante Léo Gomes, suspenso pelo acúmulo de cartões, além do atacante Neilton, expulso diante do Colorado.

Veja mais notícias do Vitória